Aprenda Fotografia: Dicas, Artigos e Tutoriais.

Menu & Search

Como obter o máximo de nitidez de sua objetiva

17 de março de 2017

O que é Nitidez?

Se quiser chegar no olimpo da nitidez máxima que sua objetiva pode oferecer, vá ao www.dxomark.com e veja os testes em laboratório com a sua lente (e de preferência sua câmera também) e descubra em qual distância focal e abertura o conjunto ótico da sua objetiva se comporta melhor.

Por exemplo, a minha Canon EF 16-35mm f/2.8L USM II tem seu máximo de nitidez em f/8 e 20mm.

Teste de nitidez - Canon 16-35mm f/2.8

Veja no gráfico acima: as áreas verdes tem maior nitidez, e as vermelhas a pior. A linha horizontal apresenta distância focal e a vertical a abertura.

Em geral, lentes de distância focal fixa tem maior nitidez que as zoom. Mesmo assim, uma regra vale para todas: o meio do caminho do diafragma geralmente é a zona de maior nitidez. Por exemplo, numa Nikkor AF-s 50mm f/1.8G tanto com o diafragma muito aberto (f/1.8) quanto muito fechado (f/22) apresentam problemas de nitidez nas áreas em foco. Em f/9, o meio do caminho entre abertura mínima e máxima, entrega o máximo de nitidez possível para esta objetiva.

O problema de nitidez decorrente de diafragmas muito fechados se chama difração e você pode ler mais sobre aqui (fica a dica do Blog do Zack para que você acompanhe). A difração é um fenômeno que suaviza as arestas e todo o quadro da imagem.

A quantidade de megapixels da câmera também conta. Não adianta ter uma objetiva super nítida de 15.000 reais sendo usada numa câmera de 10 megapixels porque o nível de detalhe gerado pela objetiva não é capturado pelo sensor com poucos pixels.

Por isto não é vantagem utilizar uma objetiva ruim e pouco nítida em uma Nikon D800 (36 megapixels) ou em uma Canon 5Ds (50.6MP): todos os defeitos da lente ficarão nítidos e claros na imagem. Num exemplo contrário, ao utilizar a mesma objetiva ruim em uma câmera de 8MP (por exemplo), não teremos tanta diferença de uma objetiva mais nítida pois os defeitos de nitidez tem menor probabilidade de ficarem evidentes por causa da baixa resolução.

Para finalizar, todo este papo de nitidez não vale para fotos pequenas e nem para imagens que serão postadas em redes sociais, para visualização em monitores comuns. Este tipo de detalhamento e preocupação com nitidez só será recorrente no dia-a-dia de fotógrafos que precisem imprimir suas imagens em tamanhos muito grandes.

Se você não faz parte deste grupo de pessoas que imprimem imagens em impressoras de altíssima qualidade e em grandes formatos, viva sua vida como se nunca houvesse lido este post. Preocupe-se mais com o que acontece dentro do quadro da sua imagem, e menos com os níveis de nitidez. Você terá muito mais a ganhar.

Comentários

comentários

Post relacionado
Vídeo: Fotografia de Paisagens – Presidente Kubitschek

Vídeo: Fotografia de Paisagens – Presidente Kubitschek

Saímos de Diamantina e fomos rumo a Presidente Kubitschek, fotografar…

Vídeo: Fotografia de Paisagens – Conselheiro Mata

Vídeo: Fotografia de Paisagens – Conselheiro Mata

Num passeio por Conselheiro Mata, distrito de Diamantina, MG, mostro…

Como funciona a câmera #5 – Fotômetro

Como funciona a câmera #5 – Fotômetro

Neste texto você vai saber como funciona o obturador da câmera e…

Comentários neste post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Digite e aperte enter para pesquisar